Vendas de maconha no Canadá batem novo recorde anual atingindo CA$ 4,5 bilhões em 2022

Fotografia, em close, mostra alguns buds de cannabis secos, em tons de verde e laranja, dispostos sobre duas notas de cem dólares canadenses, focando no rosto de Robert Laird Borden e uma das inflorescências que cobre sua testa.

Novos dados oficiais mostram que dezembro também registrou um recorde mensal de vendas, com os canadenses comprando quase CA$ 426 milhões em maconha

O mercado regulamentado de maconha para uso adulto do Canadá registrou mais um ano recorde de vendas, com os consumidores gastando CA$ 4,52 bilhões em produtos de cannabis em 2022, segundo novos dados divulgados pela Statistics Canada.

Isso representa um crescimento de 18% em relação ao total de vendas de 2021, quando os canadenses compraram CA$ 3,83 bilhões em maconha para uso adulto.

Em 2020, as vendas canadenses de cannabis para uso adulto totalizaram CA$ 2,6 bilhões — um aumento de 120% sobre as vendas de 2019, que somaram CA$ 1,2 bilhão.

Leia também: Consumidores de maconha no Canadá melhoram percepção sobre o mercado legal

As vendas mensais de cannabis também atingiram um novo recorde em dezembro de CA$ 425,9 milhões, após quedas em agosto, outubro e novembro.

O aumento das vendas em relação a novembro foi visto em todas as outras províncias e territórios rastreados pela Statistics Canada.

Em Ontário, a província mais populosa do Canadá, a agência registrou o maior volume de vendas em dezembro: CA$ 171,2 milhões.

Já a província de Manitoba foi a que apresentou o maior crescimento em relação a novembro, com as vendas aumentando em 21,7%, para CA$ 18,3 milhões, em dezembro.

Leia mais: Vendas de baseados infundidos prosperam no Canadá

O aumento ano a ano das vendas foi acompanhado de um aumento do número de lojas de maconha licenciadas.

Em julho de 2022, aproximadamente 3.200 lojas de varejo foram autorizadas pelas províncias e territórios a vender cannabis em todo o Canadá, segundo um relatório da Health Canada.

No final de janeiro de 2023, havia mais de 3.700 lojas legais de maconha para uso adulto no Canadá.

Os números divulgados pelo governo canadense refletem o sucesso da legalização da maconha no país.

A última Pesquisa Canadense de Cannabis, divulgada em dezembro, revela que o mercado regulamentado de maconha continua a corroer a participação do mercado ilícito, com apenas 5% dos entrevistados que consumiram cannabis nos últimos 12 meses relatando sempre recorrer a uma fonte ilegal — uma diminuição de 7% em 2021 e 9% em 2020.

Os resultados da pesquisa também revelam que, entre aqueles que consumiram maconha no ano anterior, 48% disseram que sempre obtiveram seus produtos de cannabis de uma fonte legal — o que se compara com 43% em 2021 e 37% em 2020.

As descobertas mostram que a legalização está alcançando seus objetivos de proteção da saúde e segurança pública, uma vez que o mercado legal oferece maconha produzida sob controle de qualidade.

Veja também:

Vendas de maconha para uso adulto em Massachusetts (EUA) ultrapassam US$ 4 bilhões

#PraTodosVerem: fotografia mostra buds de cannabis secos dispostos sobre duas notas de cem dólares canadenses, focando no rosto de Robert Laird Borden e uma das inflorescências.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!