Vendas de cannabis caem pela 1ª vez na Califórnia desde a legalização do uso adulto

Foto mostra uma porção de buds de cannabis saindo de uma pequena peça côncava de madeira sobre uma superfície branca lisa. Imagem: Unsplash | Crystalweed. Califórnia

As vendas de maconha na Califórnia caíram em 2022 pela primeira vez desde que o estado regulamentou o mercado para uso adulto, em 2018

As vendas de cannabis na Califórnia caíram em 2022 pela primeira vez desde o lançamento do mercado de uso adulto em 2018, de acordo com dados do Departamento de Administração de Impostos e Taxas (DTFA). Ao todo, as vendas caíram 8,2%, para US$ 5,3 bilhões, em relação aos US$ 5,77 bilhões em vendas no ano anterior.

A Califórnia ainda representa 20% da indústria legal da cannabis de US$ 26 bilhões nos EUA, diz o relatório.

Leia também: Uruguai: aumenta o preço da maconha nas farmácias

O preço do atacado da maconha na Califórnia vem caindo ano a ano e, no último ano, teve uma queda de 26%, passando para US$ 665 o preço da libra, o que equivale a cerca de 453 gramas. Desde 2017, um ano antes do lançamento das vendas legais, os preços no atacado da maconha na Califórnia caíram cerca de 50%, de acordo com um relatório da New Leaf Data Services, conforme descrito pela Forbes.

Pablo Zuanic, analista da Cantor Fitzgerald que investiga a cannabis, disse à Forbes que acredita que mercados maduros como a Califórnia tiveram um aumento de receita em 2020 e 2021 devido ao aumento do consumo durante a pandemia de Covid-19 e que o fim das políticas da era pandêmica, incluindo os incentivos financeiros a população, combinado com o aumento da inflação, contribuiu para o declínio. Ele observou que houve “apenas” uma queda de 8% após um aumento de 23% em 2021 e de 68% em 2020.

A Califórnia tem cerca de mil dispensários que atendem aos mais de 40 milhões de residentes do estado, mas 33 condados não permitem negócios de cannabis para uso adulto dentro de suas fronteiras. No mês passado, as autoridades lançaram um programa de subvenções de US$ 20 milhões para aumentar o acesso legal à cannabis em todo o estado. A concessão priorizará áreas onde as pesquisas nacionais encontraram alto consumo de cannabis, mas têm pouco ou nenhum acesso aos varejistas de cannabis, disseram autoridades, acrescentando que o programa “busca incentivar as melhores práticas locais, priorizando programas que apoiam operadores de equidade social e utilizam práticas existentes de licenciamento e permissão”.

Leia também:

Califórnia (EUA) lança programa para facilitar acesso à cannabis legal

Imagem de capa: Unsplash | Crystalweed.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!