Uso de maconha é mais aceito pelos australianos do que tabagismo, aponta estudo

Foto mostra um bud de maconha seco, em tons de verde e marrom, e a mão que o segura entre os dedos polegar e indicador, e um fundo em tons de cinza. Imagem: 2H Media | Unsplash.

Mais da metade dos entrevistados apoia uma advertência ou nenhuma ação para as pessoas encontradas em posse de cannabis

O uso regular de maconha por adultos tornou-se mais aceito do que o consumo de tabaco na Austrália, de acordo com a última Pesquisa Domiciliar sobre a Estratégia Nacional de Drogas.

Os dados foram compilados pelo Instituto Australiano de Saúde e Bem-Estar durante o ano de 2019, quando mais de 22.000 pessoas com 14 anos ou mais responderam a perguntas sobre suas atitudes em relação às drogas.

A pesquisa descobriu que, pela primeira vez, mais pessoas disseram que apoiavam a legalização da cannabis do que se opunham — 41% contra 37%. E também foi a primeira vez que a proporção de australianos que apoiavam o uso regular de maconha por adultos era maior do que a proporção que apoiava o tabagismo regular (19,6% em comparação com 15,4%).

Leia também: Austrália: Cannabis medicinal sendo usada por dezenas de milhares à medida que acesso se torna mais fácil

Também houve uma mudança para a educação, em vez da aplicação da lei, como a estratégia preferida para reduzir o uso de drogas ilícitas — quando perguntadas sobre onde o dinheiro deveria ser gasto, as pessoas alocaram mais fundos para a educação do que para a aplicação da lei pela primeira vez em 2019.

No entanto, cerca de 85% dos australianos que participaram da pesquisa apoiaram a aplicação da lei mais rigorosa contra o fornecimento de tabaco a menores, enquanto cerca de sete em cada 10 achavam que o uso de cigarros eletrônicos deveria ser restrito em locais públicos.

Voltando para a cannabis, no Território da Capital Australiana (ACT), onde a planta foi descriminalizada desde 2020, cerca de 66% dos residentes apoiaram sua legalização para uso pessoal.

“Foi uma demonstração de que um modelo de legalização poderia funcionar aqui”, disse o professor associado da Universidade RMIT e consultor de políticas de drogas Jarryd Bartle ao The Guardian.

Leia mais: Mulheres com endometriose estão optando por cannabis do mercado ilícito na Austrália

Para Bartle, as reformas que ocorreram nos EUA e em todo o mundo provavelmente estão ligadas à crescente tendência de apoio à legalização da cannabis na Austrália.

“A evidência é que a legalização não resulta em um aumento nos usuários regulares de cannabis e também não resulta em menores de 18 anos obtendo cannabis… isso é tudo um bom sinal a favor da legalização”, acrescenta o professor.

Todos os estados e territórios australianos praticam atualmente alguma forma de descriminalização, mas as diferenças variam em termos de qual quantidade é considerada de uso pessoal e quais penalidades são oferecidas.

A Austrália do Sul foi o primeiro estado a descriminalizar delitos menores de cannabis em 1987, introduzindo a opção de pagar uma multa em vez de receber uma acusação criminal.

Cerca de 78% dos australianos pesquisados não consideram que a posse de cannabis para uso pessoal seja um crime, mas também houve um aumento na aceitação social do consumo.

Leia também: Maioria dos cultivadores australianos de cannabis é motivada por necessidades médicas

Quase 20% dos entrevistados aprova o uso regular de maconha por adultos. No entanto, quase quatro em cada cinco (78%) disseram que ainda não usariam caso fosse legalizada.

O apoio a testes de drogas também aumentou. Em 2019, 57% das pessoas apoiaram o teste de substâncias em locais designados.

No ACT, onde o primeiro local de teste de drogas foi aberto no mês passado, as pessoas eram as mais propensas a apoiar a medida (70%).

O levantamento descobriu que dois em cada cinco australianos com 14 anos ou mais usaram uma droga ilícita na vida e três em cada quatro ingeriram álcool nos últimos 12 meses, em comparação com cerca de um em cada 10 que fumaram tabaco diariamente.

Mais da metade (54%) dos entrevistados era a favor de uma advertência ou nenhuma ação para as pessoas que fossem encontrados em posse de maconha.

Leia mais:

Professor se torna sensação da campanha eleitoral no Quênia com maconha e veneno de cobra

#PraTodosVerem: foto mostra um bud de cannabis seco, em tons de verde e marrom, e a mão que o segura entre os dedos polegar e indicador, e um fundo em tons de cinza. Imagem: 2H Media | Unsplash.

mm

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. http://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!