Uruguai: o que você precisa saber para embarcar nessa viagem

Uruguai

Elaboramos um miniguia com dicas e informações úteis para turistas em busca de experiências autênticas em Montevidéu, no Uruguai

Às vésperas da 9ª edição da ExpoCannabis Uruguay, turistas brasileiros embarcam para a capital uruguaia, Montevidéu, com a expectativa de viver uma viagem memorável no primeiro país a legalizar a maconha para uso adulto no mundo.

Para além do evento que, por si só, oferece uma imersão no mundo canábico, o destino oferece muitos pontos de interesse para quem deseja vislumbrar um contexto de legalização da maconha — muito embora, já avisamos logo, o comércio para turistas seja vetado no país.

A seguir, reunimos dicas e informações úteis para turistas em viagem ao Uruguai.

Arrumando a mala

Com clima temperado, o país apresenta temperaturas amenas na primavera. Por isso, é recomendável incluir na mala peças para o calor e casacos para os momentos mais frios do dia.

Itens indispensáveis para a viagem são: documentos válidos, como passaporte ou carteira de identidade (RG) original, emitida há menos de 10 anos, com a foto bem reconhecível; esquema completo de vacinação contra a Covid-19, com dose de reforço (também valem teste de antígeno coletado dentro das 24 horas antes do embarque ou teste PCR coletado dentro das 72 horas antes do embarque); além de seguro-viagem com cobertura para Covid-19 para todos os dias da viagem. Máscaras também devem fazer parte da bagagem, uma vez que são obrigatórias em aeroportos brasileiros e outros locais. Não é necessário visto para entrar no país.

E o que NÃO levar? Bem, você já sabe, né?

Viajando

Brasileiros podem chegar a Montevidéu por via aérea ou terrestre. Voos diários saem de São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro para o Aeroporto Internacional de Carrasco, enquanto ônibus partem das capitais do Sudeste e Sul do país com destino à capital do Uruguai.

Dica: atenção ao limite de bagagem estipulado

pelas empresas aéreas.

Uma vez lá, a dica é procurar casas de câmbio fora do aeroporto/rodoviária, que oferecem cotações mais interessantes da moeda, o peso uruguaio, em relação ao real — a Avenida 18 de Julio, no centro de Montevidéu, está repleta de casas de câmbios. Se for possível trocar parte do dinheiro ainda no Brasil, melhor. Confira a cotação no site do Banco Central.

A maneira mais econômica de circular em Montevidéu é de ônibus. Mas, atenção: se você se hospedar no centro, deve levar cerca de 1 hora de traslado até o local onde acontece a ExpoCannabis Uruguay (sem contar o tempo de espera no ponto). Alugar um carro pode ser uma boa ideia para explorar outras cidades, como a turística Punta del Este, que fica a cerca de 140 quilômetros da capital. A CNH brasileira é aceita no país, e aluguéis de veículos pagos com cartão internacional garantem devolução de 22% de IVA.

 

Dica: não perca seu tempo percorrendo lojas de cultivo,

farmácias ou head shops atrás de maconha.

Como já dissemos, a venda para turistas é proibida. 

 

Curtindo a brisa uruguaia

Ciudad Vieja. Foto: Guilherme Hellwinkel | Unsplash.

Apesar da proibição ao comércio de maconha para turistas, Montevidéu permite uma imersão na cultura canábica através do Museo del Cannabis, das farmácias e das grow e head shops espalhadas pela cidade, onde é possível aprender sobre a regulamentação uruguaia e as novidades da indústria no país. Outros pontos turísticos na capital incluem a Plaza Independencia e o Teatro Solís, na Ciudad Vieja, além de La Rambla, do Parque Rodó e do bairro Pocitos.

Bateu a larica? Visite o Mercado del Puerto, um dos símbolos da cidade, e desfrute de uma refeição especial no tradicional restaurante El Palenque, para experimentar o famoso churrasco uruguaio. Já a gastronomia de rua de Montevidéu oferece grandes delícias, como o Chivito, especialidade uruguaia, ou o Pancho. Para a sobremesa, não tem como não experimentar os alfajores de doce de leite, sobretudo o Marley, primeiro do país. E, para acompanhar, um mate ou uma grappa garantem a autêntica experiência gastronômica do Uruguai.

Dica: pagamentos nos restaurantes feitos

com cartão internacional (de crédito, débito ou pré-pago),

oferecem devolução de 22% de IVA.

Expocannabis Uruguay

Entre os dias 2 e 4 de dezembro, a ExpoCannabis Uruguay ocupa o Centro de Eventos LATU, em Montevidéu, com representantes do Estado e de organizações sociais, além de agentes privados, acadêmicos, usuários e a planta viva de cannabis, para contribuir para a normalização da regulação no Uruguai e no continente.

Mais de 150 estandes de marcas de todo o mundo, com diferentes atividades e ofertas, fazem parte do espaço de exposição da feira, que conta com o já tradicional consultório de cannabis medicinal, além de um gabinete de aconselhamento jurídico e um espaço para consultas veterinárias.

Uma programação intensa, com 15 workshops, 4 fóruns e 20 conferências, com especialistas nacionais e estrangeiros, discute temas como alimentação e nutrição, regulamentação uruguaia e licenças para a venda de sementes de THC.

O palco da ExpoCannabis Uruguay 2022 recebe um dos pais da música uruguaia, Rubén Rada, artista de alto renome, entre outras dez bandas e DJs. Para completar a festa, um exclusivo Fan Fest oferece a oportunidade de torcedores acompanharem os jogos da Copa do Mundo.

Além disso, na ocasião será anunciada a edição brasileira da ExpoCannabis, e a Smoke Buddies fará a cobertura completa do evento pelo Instagram — acompanhe!

Leia também:

“Temos muitos desafios”, diz fundadora da ExpoCannabis Uruguay sobre a maconha no país

#PraTodosVerem: fotografia de capa mostra o letreiro da cidade de Montevidéu, no Uruguai, com a orla do Rio da Prata ao fundo. Foto: Alex TeixeiraUnsplash.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!