Uma singela homenagem às mulheres da cena

imagem mostra um buquê feito de flores de cannabis, com fundo em degradê do amarelo para o rosa. Crédito: Smoke Buddies.

Que tal valorizar as pesquisadoras, ativistas, jardineiras, políticas, empresárias, comunicadoras, designers, advogadas, médicas, psicólogas e outras tantas mulheres antiproibicionistas?

Um dia desses, deslizando pelo feed do Instagram, me deparei com um vídeo que me deixou intrigada — para dizer o mínimo. Nele, dois caras lamentavam a falta de representatividade feminina na cena canábica.

Longe de mim discordar da ideia de que devemos ter mais mulheres atuando neste mercado, sobretudo em cargos de liderança. Por outro lado, como alguém que trabalha há sete anos no segmento e teve a oportunidade de conhecer profissionais inspiradoras nas mais variadas áreas que cercam o tema, me pergunto se, ao invés de ver homens discorrendo sobre machismo, não deveríamos enaltecer as manas que fazem acontecer — que, muitas vezes, e até por opção própria, estão longe dos holofotes.

Às Andreas, Luanas, Ingrides, Natálias, Moniques, Elianes, Carolines, Helenas, Luísas e Anas, que se debruçam sobre a política de drogas e produzem vasto conhecimento acadêmico para embasar cientificamente as transformações que tanto precisamos;

Às Ângelas, Danielas, Julianas, Marias, Paulas, Dandaras, Pâmelas, Veras, Sheilas e Vanessas, que se dedicam ao ativismo e ao terceiro setor, no front da batalha, acolhendo e trazendo dignidade a pessoas em situação de vulnerabilidade, invisíveis ao resto da sociedade;

Às Lucianas, Paolas, Maísas, Maras, Sâmias, Éricas, Mônicas, Alices, Talírias e Isoldas, que representam a pauta antiproibicionista nas casas legislativas do país e lutam por uma regulamentação justa da maconha e de outras drogas;

Às Mirians, Eunices, Jéssicas, Claras, Camilas, Aparecidas, Patrícias, Estelas, Thabatas e Claudias, que se arriscam no cultivo clandestino, mantendo e compartilhando saberes ancestrais sobre a erva e suas particularidades;

Às Amandas, Polianas, Larissas, Marianas, Eugênias, Letícias, Adrianas, Anitas, Bárbaras e Cátias, que têm coragem de empreender e abrir espaço para a diversidade de gênero no mercado canábico brasileiro;

Às Biancas, Tainaras, Robertas, Lívias, Brunas, Cristinas, Danilas, Talitas, Isabelas e Valérias, que nadam contra a imprensa hegemônica para contar histórias que passam longe das redações dos jornalões tradicionais;

Às Pietras, Marielas, Julianas, Fernandas, Alines, Silvias, Leilas, Lias, Evas e Simones, que dão formas e cores à maconha em trabalhos gráficos, visuais e artísticos que ilustram a identidade visual canábica no Brasil;

Às Gaias, Rosas, Ariadnes, Celestes, Maiaras, Lígias, Martas, Giovanas, Alessandras e Stefanies, que criam campanhas e administram as áreas de comunicação e marketing de empresas do setor.

Às Gabrielas, Renatas, Marcelas, Cecílias, Lorenas, Rebecas, Beatrizes, Carlas, Francieles e Raquéis, que defendem os direitos de quem planta e consome cannabis e litigam pela reforma na lei de drogas;

Às Jaquelines, Marinas, Priscilas, Elaines, Samantas, Maitês, Verônicas, Irinas, Olívias e Vitórias, que atendem, prescrevem e acompanham pacientes que encontram na cannabis o alívio para suas condições de saúde;

Às Marianes, Mirelas, Cristianas, Janaínas, Thuanes, Julias, Joanas, Cibeles, Lauras e Daianes, que oferecem tratamento psicológico com acolhimento e redução de danos para quem quer cuidar da saúde mental sem estigmas;

E a outras tantas enfermeiras, fisioterapeutas, nutricionistas, veterinárias, assistentes sociais, biólogas, juízas, cozinheiras, dentistas, tatuadoras, professoras e mães antiproibicionistas…

Obrigada por existirem, resistirem e construírem a cena que queremos deixar como legado.

Leia também:

Três mulheres que enaltecem a luta antiproibicionista no Brasil

mm

Sobre Thaís Ritli

Thaís Ritli é jornalista especializada em cannabis e editora-chefe na Smoke Buddies, onde também escreve perfis, crônicas e outras brisas.
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!