Trabalhadores mexicanos usam metanfetamina para ter “mais desempenho” no trabalho

Substância produz um estado de alerta e hiperatividade, o que pode parecer uma alternativa para eliminar o cansaço do trabalhador

A Comissão Nacional de Saúde Mental e Adicções do México (Conasama) anunciou que o consumo de metanfetamina no país aumentou. O curioso é que esse aumento vem principalmente dos adultos que buscam ter mais desempenho no trabalho.

Evalinda Barrón Velázquez, diretora-geral da Conasama, revelou que 4 em cada 10 pessoas que solicitaram assistência à Conasama tiveram problemas com metanfetamina: “40% dos cuidados solicitados, mais ou menos 100 mil em 2023, foram devido ao uso de metanfetamina cristal”, disse Barrón Velázquez, segundo a Morbo.

Leia também: O preço da maconha aumenta no Uruguai: quanto custa agora?

O uso de metanfetamina é popular no México?

Atualmente, esta é a principal droga consumida em 21 estados do México. Na verdade, o uso aumentou de forma constante desde 2017, ano em que a substância foi majoritariamente consumida em apenas seis estados.

“Sabemos que quem mais pede ajuda são homens e jovens entre 18 e 20 anos. Mas também sabemos que temos inícios de uso desde os 15 anos, e mais ou menos a média em que se pede ajuda é aos 29 anos”, explicou a diretora. Somado a isso, o fato alarmante é que essa substância se popularizou entre os funcionários que trabalham muitas horas, como motoristas, pescadores ou outros trabalhadores.

O “poder” da metanfetamina

Isso produz um estado de alerta e hiperatividade, o que pode parecer uma alternativa para eliminar o cansaço do trabalhador. No entanto, tem efeitos comportamentais, que reduzem a capacidade de avaliar riscos.

O uso prolongado também causa problemas de sono e fadiga, e até sintomas de paranoia. As consequências do uso dessa substância como ferramenta para forçar o corpo quando está cansado podem ser prejudiciais, principalmente se feito regularmente.

Por Lucía Tedesco, publicado originalmente no El Planteo.

Leia também:

Laboratório do Exército Português vai produzir medicamentos de maconha

Imagem de capa: Universidade Monash.

Sobre El Planteo

El Planteo é um meio de comunicação focado em tópicos inovadores como cannabis, cânhamo, psicodélicos, música, ecologia, criptomoedas, questões de gênero e sexualidade e muito mais. Nosso conteúdo frequentemente tem um ângulo econômico ou financeiro. El Planteo é financiado pela Benzinga, um meio de comunicação financeiro dinâmico e inovador com sede em Detroit que fornece aos investidores conteúdo exclusivo e de alta qualidade cobiçado pelos principais operadores de Wall Street.
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!