Terpenos da cannabis modulam a interação entre o THC e seu receptor endógeno

#PraTodosVerem: fotografia mostra vista aérea de uma superfície branca e lisa preenchida com ramos, frutas (laranjas), buds e baseados. Foto: Nick Harsell | Unsplash. terpenos

Segundo estudo, os terpenos da cannabis aumentam a capacidade de interação do THC com o receptor endógeno CB1, fevorecendo potencialmente seus efeitos

Os terpenos na planta da cannabis aumentam a capacidade do THC de interagir com o receptor endógeno CB1, o que favorece potencialmente seus efeitos, de acordo com dados pré-clínicos publicados na revista Biochemical Pharmacology, em que cientistas israelenses avaliaram o papel dos terpenos nas funções mediadas pelo receptor CB1.

Os pesquisadores relataram que certos terpenos – incluindo borneol, geraniol, limoneno, linalol, ocinemo, sabineno e terpineol – amplificara a atividade do THC no receptor CB1, mesmo em baixas quantidades.

De acordo com a NORML, eles relataram que “os resultados demonstraram que todos os terpenos, quando testados individualmente, ativam os receptores CB1, em cerca de 10%-50% da ativação pelo THC sozinho. A combinação de alguns desses terpenos com THC aumenta significativamente a atividade do receptor CB1, em comparação com o THC sozinho. Em alguns casos, várias vezes. É importante ressaltar que essa amplificação é evidente em proporções de terpeno para THC semelhante às da planta de cannabis, que refletem concentrações muito baixas de terpeno”.

Leia também: Terpenos da cannabis proporcionam alívio da dor e contribuem para o “efeito entourage”

 

 

Segundo conclusão dos autores, “o uso de terpenos selecionados pode permitir a redução da dose se THC em alguns tratamentos e, como resultado, potencialmente minimizar os efeitos adversos relacionados ao THC. Isso também ajudaria a ajustar o tratamento a populações mais sensíveis, como crianças e idosos. O enriquecimento com terpenos selecionados pode permitir o ajuste da composição às necessidades pessoais e às mudanças durante o uso crônico, como durante o dia versus para dormir”.

As descobertas expandem as de um estudo de 2021 documentando que certos terpenos ativam receptores CB1 e CB2 e que a administração combinada de canabinoides e terpenos produz efeitos aditivos. Os autores desse estudo sugeriram de forma semelhante: “Terpenos podem ser usados para aumentar as propriedades analgésicas da terapia com cannabis / canabinoides, sem piorar os efeitos colaterais do tratamento com canabinoides”.

Um estudo publicado no início deste ano relatou que as flores de cannabis com níveis elevados dos terpenos mirceno e terpinoleno estão associadas a um maior alívio percebido dos sintomas entre os pacientes.

Leia também:

Terpenos na cannabis afetam os resultados terapêuticos, segundo estudo

Foto de capa: Nick HarsellUnsplash.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!