Pacientes com dor crônica reduzem uso de morfina após tratamento com cannabis

Foto que mostra uma pequena tigela preta contendo sementes de maconha apoiada em um ramo de cannabis e ao lado de mais algumas sementes e cápsulas transparentes contendo uma substância verde-claro translúcida, sobre um tecido de algodão cru. Foto: CBD-Infos-com | Pixabay.

A ingestão diária do opioide foi reduzida em pacientes que passaram se tratar concomitantemente com cannabis medicinal, segundo um novo estudo

O tratamento à base de cannabis está associado a uma redução no consumo diário de opioides por pacientes com dor crônica, segundo um novo estudo publicado na revista Pain Physician.

Uma coorte de 115 pacientes que faziam uso de morfina para tratamento da dor cônica iniciou uma terapia com cannabis medicinal junto ao Instituto de Medicina da Dor do West Penn Hospital, na Pensilvânia (EUA). Os pesquisadores acompanharam o uso diário de morfina dos pacientes durante seis meses.

Leia também: Maconha não só reduz como substitui o uso dos opioides

A ingestão diária de morfina reduziu significativamente após o início do tratamento com cannabis, relataram os autores.

“Houve uma diminuição média de 67,1% no equivalente de miligrama de morfina (MME) por paciente diário de 49,9 para 16,4 MME no primeiro acompanhamento. E uma diminuição de 73,3% no MME no segundo acompanhamento de 49,9 para 13,3 MME”, escreveram os autores no artigo.

 

 

 

Entre os 115 pacientes que participaram do estudo, 75 optaram por permanecer certificados para maconha medicinal, disseram os autores, pois tiveram um alívio significativo da dor — posteriormente, esses pacientes desmamaram dos opioides.

Leia mais: Prescrições de opioides diminuem após legalização da maconha no Canadá

Dito isto, o estudo concluiu que permitir ao paciente experimentar cannabis medicinal, enquanto concomitantemente desmama gradualmente dos opioides, é essencial para determinar a eficácia individual da cannabis para o tipo específico de dor crônica desse paciente, sugerindo que isso deve servir para maximizar os resultados da redução de opioides a longo prazo e, consequentemente, diminuir as mortes por overdose relacionadas com opiáceos.

Veja também:

Canabidiol vaporizado melhora memória verbal, descobre estudo

#PraTodosVerem: foto mostra uma pequena tigela preta contendo sementes de maconha apoiada em um ramo de cannabis e ao lado de mais algumas sementes e cápsulas transparentes contendo uma substância verde-claro translúcida, sobre um tecido de algodão cru. Foto: CBD-Infos-com | Pixabay.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!