Mato Grosso: Comissão aprova derrubada de veto a PL que prevê canabidiol no SUS

Fotografia mostra a mão e parte do corpo de uma pessoa que, usando jaleco branco e com um estetoscópio em torno do pescoço, segura um frasco verde com tampa branca e dourada entre o indicador e o polegar. Imagem: jcomp | Freepik.

Projeto vetado pelo governador já foi votado e aprovado duas vezes pelo legislativo mato-grossense; matéria agora segue para análise em plenário. Informações da ALMT

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso aprovou, em reunião nessa terça-feira (7), parecer pela derrubada do veto ao Projeto de Lei nº 30/2022, que disciplina o fornecimento de medicamentos à base de canabidiol (CBD) pelo sistema público de saúde. 

Leia mais: Governador de MT veta pela segunda vez projeto que prevê distribuição de canabidiol

“A gente espera conseguir derrubar esse veto em plenário. Eu vejo com bons olhos essa proposta, desde que haja um controle da distribuição desses medicamentos. A gente acompanha crianças e adolescentes com problemas degenerativos e que os pais têm de buscar no exterior esse tipo de remédio. Então, é importante legalizar para atender esses casos de doenças graves”, afirmou o deputado estadual Delegado Claudinei (PL).

O projeto, alvo do veto nº 65/2022, pretende tornar obrigatório o fornecimento de remédio à base de CBD para pacientes em condições médicas debilitantes.

 

 

A proposta foi vetada pela segunda vez no mês passado pelo governador Mauro Mendes (União).

Leia também:

Justiça do Maranhão decide que plano de saúde deve fornecer canabidiol a criança

#PraTodosVerem: fotografia mostra a mão e parte do corpo de uma pessoa que, usando jaleco branco e com um estetoscópio em torno do pescoço, segura um frasco verde com tampa branca e dourada entre o indicador e o polegar. Imagem: jcomp | Freepik.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!