Movimentos sociais realizam primeira Marcha da Maconha em Ubatuba (SP)

marcha ubatuba Movimentos sociais realizam primeira Marcha da Maconha em Ubatuba (SP)

Ato foi organizado por coletivos da sociedade civil que pedem a legalização da cannabis para fins terapêuticos. Informações do Meon

Na manhã do último domingo (29), a cidade de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, teve sua primeira edição da Marcha da Maconha.

O protesto foi encabeçado por coletivos da sociedade civil que pedem a liberação do uso da planta para fins medicinais e terapêuticos.

Debates com os temas “Guerra às drogas: como políticas proibicionistas afetam os aspectos social e econômico” e “Cannabis: redução de danos, uso medicinal e espiritual da planta” foram realizados e acompanhados por dezenas pessoas.

Leia também: Marcha da Maconha Fortaleza: milhares vão às ruas por mudanças na política de drogas

O evento aconteceu no Ateliê Casa da Madeira, na rua Tupi, no bairro Itaguá. Foi no local, inclusive, que aconteceu a concentração da marcha que percorreu a rua Guarani, a Avenida Escultor e Pintor da Mota, com tambores e cartazes.

Uma das organizadoras do movimento, Sônia Maria Almeida de Melo, da tribuna da Câmara de Ubatuba, citou os coletivos envolvidos e discursou a favor do que chamou de “manifesto por respeito, inclusão e antiproibicionismo”.

“Nosso manifesto é por respeito, inclusão, antiproibicionismo, política de segurança e saúde pública, é por direitos humanos, garantias de aceso à cannabis medicinal, por políticas de redução de danos, livre cultivo e direito de manifestação espiritual com a planta”, destacou, resumindo as reivindicações da marcha.

Além do Litoral Norte de São Paulo — região em que Ubatuba foi a única cidade a realizar a macha —, municípios como Fortaleza (CE) e Volta Redonda (RJ) realizaram atos semelhantes. Na última semana também aconteceu uma Marcha da Maconha em Recife (PE).

Na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), foi criada em setembro do ano passado a primeira “Frente Parlamentar em Defesa da Cannabis Medicinal e do Cânhamo Industrial” do país.

Saiba mais:

Marcha da Maconha volta às ruas: confira os atos pela legalização deste ano

#PraTodosVerem: fotografia mostra duas pessoas agachadas próximo a uma faixa branca com as palavras “1ª Marcha da Maconha Medicinal Ubatuba” em vermelho, estendida na rua, e uma multidão, ao fundo. Imagem: Eduardo Enomoto.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!