Importância e finalidades da receita médica

Médico em um cultivo outdoor segurando uma folha de cannabis na mão. Foto: Freepik

Entenda como a receita médica pode trazer benefícios e mais segurança para os usuários de cannabis no Brasil

A utilização da cannabis tem ganhado cada vez mais destaque no campo da medicina, oferecendo uma gama de benefícios terapêuticos para pacientes que sofrem de uma variedade de condições médicas. 

O efeito medicinal da cannabis também é benéfico para quem busca relaxar diante do estresse diário ou conseguir dormir melhor, uma vez que o uso adulto da planta é também terapêutico, como já discutimos em outro texto nesta coluna

Partindo desse ponto de vista, possuir uma receita médica para o uso de cannabis oferece diversos benefícios. Primeiramente, vamos entender a diferença entre as duas resoluções da Anvisa que garantem o acesso à cannabis legal no Brasil:

  • Resolução nº 327: estabelece requisitos para a comercialização, prescrição, dispensação, monitoramento e fiscalização de produtos de cannabis para fins medicinais, e dá outras providências, estabelecendo o acesso através das farmácias;
  • Resolução nº 660: define os critérios e os procedimentos para a importação de produto derivado de cannabis, por pessoa física, para uso próprio, mediante prescrição de profissional legalmente habilitado, para tratamento de saúde.

Agora que você já conhece as vias legais para adquirir cannabis medicinal, vamos entender qual a importância da receita médica para os usuários e a sociedade de forma geral:

Controle de qualidade: a obtenção de cannabis por meio de uma receita médica geralmente garante que o produto seja adquirido de fontes confiáveis e regulamentadas. Isso ajuda a evitar produtos de baixa qualidade, contaminados ou adulterados que poderiam ser prejudiciais à saúde.

Acesso a variedades específicas: diferentes variedades de cannabis contém diferentes combinações de compostos ativos, como canabinoides e terpenos, que podem ter efeitos distintos. Uma receita médica permite que o paciente acesse strains específicas de cannabis que são mais apropriadas para sua condição, maximizando os benefícios terapêuticos. 

Redução do estigma: o uso da cannabis medicinal com uma receita médica ajuda a reduzir o estigma associado ao uso adulto. Muitas pessoas ainda têm preconceitos em relação à cannabis, e ter uma recomendação médica legitima o seu uso como um medicamento. Além disso, você poderá contribuir para as pesquisas sobre cannabis fazendo parte da estatística de pacientes medicinais.

Segurança: a receita médica também oferece maior segurança durante uma abordagem policial. Ao apresentar o documento junto com a autorização de importação, se esse for o caso, você não precisará lidar com questões judiciais. 

Cuidar da saúde: fazer o uso de cannabis com prescrição médica é mais um motivo para procurar um médico e poder avaliar seu estado de saúde junto a um profissional, que também lhe indicará as doses e concentrações de canabinoides ideais para a sua condição.

Leia também: 

De usuário a paciente: como ter acesso legal à maconha no Brasil

Foto de capa: Freepik.

mm

Sobre Flora Urbana

A Flora Urbana 420 é um portal onde os cultivadores iniciantes e especialistas podem escolher suas opções com total confiança entre marcas reconhecidas no mundo todo. Visite a Flora Urbana. Autocultivo é o caminho.
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!