Prédio de cânhamo mais alto do mundo é construído na África do Sul

Com 12 andares e vistas deslumbrantes da majestosa Table Mountain, na Cidade do Cabo, África do Sul, um edifício construído com cânhamo industrial destaca-se por sua pegada ecológica

As paredes do prédio que deve abrigar um hotel são feitas de blocos de “hempcrete“, um material composto de cânhamo e cimento, apoiado por uma estrutura de concreto. O prédio mais alto do mundo feito de cânhamo vai oferecer cerca de 50 quartos, proporcionando aos hóspedes uma experiência única e sustentável.

Segundo artigo do portal NewsWeed.Fr, em uma entrevista à AFP, o diretor da Afrimat Hemp, fornecedora de concreto de cânhamo, destacou que o uso de tijolos de cânhamo está ganhando popularidade à medida que mais pessoas descobrem suas qualidades isolantes, retardadoras de fogo e ecológicas. Esses blocos são considerados carbono negativos, o que significa que eles retiram mais gases de efeito estufa da atmosfera do que liberam durante a produção. Isso os torna ideais para isolamento térmico de edifícios antigos, especialmente na Europa.

Boshoff Muller, diretor da Afrimat Hemp, explicou: “A planta retira carbono, que é então transformado em blocos e armazenado em um prédio por 50 anos ou mais”.

Anteriormente, o cânhamo industrial usado no empreendimento era importado do Reino Unido, já que seu cultivo era ilegal na África do Sul até o ano passado. No entanto, o governo sul-africano começou a emitir licenças de cultivo, o que permitiu o desenvolvimento desse setor no país. O presidente Cyril Ramaphosa enfatizou que mais de 130.000 novos empregos poderiam ser criados com a expansão da indústria do cânhamo e da cannabis.

A Afrimat Hemp está se preparando para fabricar seu primeiro lote de blocos utilizando exclusivamente cânhamo cultivado na África do Sul, visando obter créditos de carbono. Essa iniciativa representa um importante passo rumo à sustentabilidade e à promoção da indústria local de cânhamo.

Com a inauguração, o hotel de cânhamo mais alto do mundo deve se tornar um símbolo notável da inovação e do compromisso da África do Sul com a construção sustentável, além de destacar o potencial econômico do cânhamo no país.

Leia também:

Conheça nove construções incríveis feitas com cânhamo

Foto de capa: Divulgação | Afrimat Hemp.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!