Quem são os highsexuais e por que só fazem sexo homossexual quando fumam maconha?

Fotografia que mostra a mão e parte do nariz e boca de uma pessoa que segura um baseado aceso e bolado em papel marrom. Foto: Martin Alonso | Flickr.

Segundo sexólogo, a maconha funciona como desinibidora, permitindo que aqueles que a consomem façam coisas que não fariam ‘sóbrias’. Com informações do Perú21 e tradução Smoke Buddies

As redes sociais são o cenário ideal para os usuários resolverem suas dúvidas sobre determinados tópicos sem a necessidade de usar seus dados reais, e é por isso que centenas de fóruns abordam questões sobre sexo e suas práticas como resultado do tabu que existe.

É precisamente em um desses espaços onde, há algum tempo, surgiu a pergunta de um usuário que afirmava que — apesar de ser heterossexual — depois de consumir maconha ele tinha a necessidade e o desejo de manter relações homossexuais. As respostas dos participantes foram diversas e, no meio delas, surgiu um novo termo: ‘highsexual’.

Leia mais – Highsexual: você acredita que a maconha altera a orientação sexual da pessoa?

O que é um ‘highsexual’?

De acordo com a explicação levantada pelos participantes do fórum, ‘highsexual’ é uma pessoa que se torna “temporariamente homossexual” depois de consumir maconha e depois que seus efeitos passam continua sendo heterossexual.

O surpreendente é que, como resultado dessa abordagem, centenas de pessoas afirmaram ter experimentado essa situação, garantindo que houvesse uma correlação entre o uso de drogas e esse comportamento sexual específico.

Pode-se mudar a orientação sexual após o consumo de maconha?

Em conversa com o Perú21, Christian Martínez, sexólogo da Associação Peruana de Sexologia e Educação Sexual, responde a esse respeito.

Segundo o especialista — neste ponto — dois termos importantes devem ser distinguidos: orientação sexual e prática sexual. O primeiro deles refere-se à atração ou simpatia por alguém do mesmo ou de outro sexo que as pessoas têm desde o nascimento e que são descobertos ao longo de suas vidas.

O segundo dos termos, e que está diretamente vinculado a esse tópico, refere-se aos comportamentos que se desenvolvem na intimidade e independentemente de sua orientação sexual.

Então, você pode mudar sua orientação por um curto período de tempo ou depois de usar drogas? Segundo Martínez, em indivíduos heterossexuais existem comportamentos chamados heteroeróticos, que se referem à maneira de expressar afeto a pessoas de diferentes sexos por meio de beijos, carícias ou relações sexuais.

No entanto, comportamentos homoeróticos também podem se manifestar em pessoas heterossexuais, que é a mesma maneira de expressão, mas em relação a indivíduos do mesmo sexo, sem necessariamente serem homossexuais.

E qual é o papel da cannabis? O sexólogo relata que a maconha, como cerveja ou outros entorpecentes, funciona como desinibidora, permitindo que aqueles que a consomem “façam coisas que não poderiam fazer sóbrios”.

“Houve necessidade de colocar-se um nome para se validar, de modo que se entenda que muitas pessoas precisam de algum estímulo para se abrir afetivamente ao vínculo ou ao afeto no relacionamento com outra pessoa e à questão sexual”, diz ele.

Martínez acrescenta que alguns aspectos de nossa sociedade funcionam como uma limitação para as pessoas desenvolverem livremente seus comportamentos e práticas homoeróticas, principalmente em homens heterossexuais que, devido ao machismo existente, reprimem suas expressões.

“Isso está falando de como é difícil para muitos homens falar sobre suas emoções, vulnerabilidades e a capacidade de fantasiar sobre tocar em outro homem ou ter experiências homoeróticas sem se sentirem questionados”, conclui.

Leia também:

Drag Queens e o porquê de elas usarem maconha

#PraCegoVer: em destaque, fotografia que mostra a mão e parte do nariz e boca de uma pessoa que segura um baseado aceso e bolado em papel marrom. Foto: Martin Alonso | Flickr.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!