ExpoCannabis Brasil apresenta palestrantes da primeira feira internacional do país sobre o tema

Imagem mostra o banner de divulgação da ExpoCannabis Brasil, onde se vê o logo do evento em azul-escuro e o desenho de uma pessoa entre vários elementos ligados ao tema, em fundo verde.

A primeira edição da ExpoCannabis Brasil contará com a presença de pesquisadores de diversas áreas, além de representantes da sociedade civil, e a participação de especialistas de países como Argentina, Paraguai, México e Uruguai

A ExpoCannabis Brasil apresentou os primeiros nomes para a programação do Fórum Internacional, o principal espaço de conferências do evento, com capacidade para até 500 pessoas e acesso gratuito aos participantes da feira, que terá tradução simultânea em diversos idiomas e libras. O conteúdo será transmitido via streaming por meio do YouTube, Vimeo e Twitch e estará disponível após o evento. A primeira edição da feira internacional acontece nos dias 15, 16 e 17 de setembro, no Centro de Exposições São Paulo Expo, na capital paulista.

Leia mais: ExpoCannabis Brasil: primeira feira canábica internacional chega a São Paulo em setembro

“A ExpoCannabis Brasil funciona como uma plataforma de conhecimento e conexões sobre cannabis. Além de promover as empresas que já atuam no mercado da cannabis, incentivamos o network e a educação gratuita sobre as inúmeras aplicações da cannabis, mostrando todo o potencial do setor por meio de palestras conectadas com temas ligados à saúde, indústria, terceiro setor, tecnologia e sustentabilidade”, explicou Larissa Uchida, CEO e porta-voz da ExpoCannabis Brasil.

Estão confirmadas as participações de Alex Machado Campos e João Paulo Perfeito, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Francisco Netto, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Rodrigo Montezuma, do Conselho Federal de Medicina Veterinária, o juiz de direito Luís Carlos Valois, o advogado Leonardo Navarro, representando a Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo, os deputados federais Luciano Ducci (PSB) e Sâmia Bomfim (PSOL), os deputados estaduais Caio França (PSB-SP) e Goura Nataraj (PDT-PR) e as vereadoras Paolla Miguel (PT-Campinas), Luciana Boiteux (PSOL-Rio de Janeiro) e Débora Aguiar (PSOL-Recife).

O Fórum Internacional também contará com a presença de pesquisadores de diversas áreas e especialidades médicas, científicas e farmacêuticas, como Priscila Mazolla (Unicamp), Claudete Oliveira (Unicamp), Alessandra Soares (ex-diretora da Anvisa), Mayara de Queiroz (SESAB), Renato Malcher (UNB), Derly José Henriques da Silva (UFV), Renato Filev (Unifesp), Erik Amazonas (UFSC), a especialista em cannabis e alimentação Marcela Ikeda, o engenheiro químico Ricardo Tolomelli e o agrônomo Sérgio Barbosa Rocha.

Além disso, integram a programação do espaço principal de conferências representantes da sociedade civil, como Rafaela França (NEEM), Jéssica Souto (Movimentos), Juliana Gonçalves (Observatório da Branquitude), Maria Ângela Aboin (FACT) e Nathália Oliveira (Iniciativa Negra e Plataforma Brasileira de Política de Drogas), e advogados especialistas em políticas de drogas, cânhamo e outras aplicações da planta, como Cristiano Maronna (Justa) e Rafael Arcuri, da Associação Nacional do Cânhamo.

Estão confirmadas até o momento as participações de especialistas de países como Argentina, Paraguai, México e Uruguai. Alguns nomes são Francisco Echarren, presidente da Agência Reguladora da Indústria do Cânhamo e da Cannabis Medicinal (ARICCAME), órgão federal argentino responsável pelo tema, Marcelo Morante, representante do Ministério da Saúde da Argentina, Martín Mercado, diretor de Desenvolvimento Industrial da Província de Canelones, no Uruguai, Marcelo Demp, presidente da Câmara de Cânhamo Industrial do Paraguai, e a antropóloga  Polita Pepper, cofundadora da associação Cannativa, no México, que pesquisa a produção da cannabis por populações indígenas em seu país.

Mais de cem expositores de onze países 

A primeira edição da ExpoCannabis Brasil contará com mais de 8.000 metros quadrados de atividades e cerca de 140 expositores do Brasil, Uruguai, Argentina, Chile, Colômbia, França, Espanha, Estados Unidos, Países Baixos, Irlanda e Paraguai. A organização espera receber 25.000 pessoas nos três dias de evento. A ExpoCannabis Brasil não promove o consumo de maconha e somente maiores de 18 anos podem participar.

“Cerca de 65% das empresas que vão participar do evento são do Brasil, o que nos permite entender que existe um grande espaço para a ExpoCannabis Brasil, não apenas como uma plataforma de educação e comunicação, que nosso país precisa, mas como uma ferramenta para empresas e investidores”, disse Larissa Uchida.

Mercedes Ponce de León, cofundadora da ExpoCannabis Uruguai, destaca que a indústria da cannabis, na realidade, é muito antiga e sua proibição está começando a ser erradicada, após quase cem anos. “A tendência no mundo começa a ser a regulamentação, especialmente da cannabis medicinal, que é a chave para muitos países regularem esta planta”, aponta.

Arena do Conhecimento: espaço para oficinas, inovação e debates com especialistas

Na Arena do Conhecimento, o segundo espaço de conferências da feira, com capacidade para 150 pessoas, serão apresentadas oficinas, palestras e outras atividades oferecendo informações sobre temas como educação, tecnologia, inovação, cultivo, equipamentos, políticas de drogas e entre outros.

Haverá neste espaço uma programação dedicada ao lançamento de novas ideias e negócios em cannabis e cânhamo, e as empresas participantes do evento poderão promover seus produtos e serviços em um espaço exclusivo de networking.

Apoio internacional e realização de empresas brasileiras

O evento brasileiro conta com o apoio de um dos maiores eventos do mundo sobre o tema, a ExpoCannabis Uruguai, que neste ano chega à sua 10ª edição, e em dezembro de 2022 recebeu cerca de 40% de brasileiros e brasileiras entre os participantes, o que foi decisivo para a realização da ExpoCannabis Brasil.

A ExpoCannabis Brasil é organizada pela CannExp, uma joint venture formada pelas empresas Smoke Buddies, maior portal dedicado à cannabis da América Latina, que desde 2011 atua no segmento de cannabis, aLeda, a primeira marca de seda brasileira e de seda de celulose do mundo, com mais de 17 anos no mercado nacional e internacional, Open Green, a primeira edtech canábica brasileira, MiCasa420, agência especializada em turismo experiencial que atua há mais de 8 anos, e King Paper e King Blunt, empresas de sedas e blunt.

Serviço

ExpoCannabis Brasil 2023 

15, 16 e 17 de setembro de 2023

Horário: 11h às 21h

Local: Centro de Exposições São Paulo Expo (SP)

Ingressos disponíveis em www.expocannabisbrasil.com.

Leia também:

ExpoCannabis: Cônsul-geral do Uruguai ressalta a importância do evento no Brasil

Imagem de capa: ExpoCannabis Brasil.

mm

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. http://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!