O espectro de luz para o cultivo indoor de cannabis medicinal

Conhecer os detalhes do espectro de luz é um fator importante para o sucesso do cultivo indoor de cannabis, uma vez que a iluminação é uma chave mestra nesta modalidade de cultivo

O uso medicinal da cannabis vem ganhando cada vez mais popularidade no Brasil. Hoje, após muita pesquisa e experiências práticas da indústria, podemos dizer que a modalidade chamada de cultivo indoor, que é realizado em ambientes controlados, é uma das formas mais eficientes e sigilosas para se produzir cannabis medicinal de alta qualidade em pequenas escalas.

Um dos fatores mais importantes para o sucesso do cultivo indoor é a iluminação. As plantas em geral, incluindo as de cannabis, precisam de uma combinação específica de “cores de luz” para crescer e florescer de forma saudável.

Para empreender em um cultivo indoor e obter sucesso nas colheitas, é fundamental dominar o conhecimento sobre o espectro de luz e as faixas específicas de formas de ondas mais favoráveis para promover a fotossíntese nas plantas. Confira a seguir um breve resumo sobre este assunto.

Espectro visível e faixa PAR

A luz que podemos ver é chamada de “faixa visível do espectro eletromagnético”. Essa faixa de espectro vai do vermelho ao violeta, com comprimentos de onda entre 380 e 780 nanômetros (nm). Porém, a visão humana possui algumas limitações nesta faixa de espectro, assim como em algumas regiões deste espectro nossa visão também é mais sensível. A faixa denominada de Lumens corresponde às regiões mais sensíveis do olho humano e estão atreladas à sensibilidade da córnea e cristalino de nossos olhos, visão fotópica e escotópica. Repare na imagem como estas faixas se relacionam diretamente com a faixa Lumens no espectro eletromagnético:

Já a faixa denominada de PAR (Photosynthetically Active Radiation) é a porção do espectro visível que podemos atestar que as plantas usam efetivamente para realizar a fotossíntese. A faixa PAR vai do vermelho ao azul, com comprimentos de onda entre 400 e 700 nm.

Leia também: Como escolher seu LED para o cultivo indoor de cannabis?

Podemos dizer que os fótons de luz que vibram nesta faixa de comprimentos de onda são todos assimilados e utilizados para a estimulação dos fitocromos das plantas (organelas presentes nos cloroplastos responsáveis pela fotossíntese), porém existem comprimentos de onda específicos que estimulam ainda mais a atividade fotossintética com características diferenciadas como, por exemplo:

Espectro Deep RED

A luz vermelha (ilustrada na foto de capa deste texto) que chamamos de Deep RED ou, em português, “vermelho profundo”, possui comprimento de onda com picos especificamente em 660 nm. Esta luz é essencial para o crescimento e a floração das plantas em geral e especialmente da cannabis. Podemos dizer que este comprimento de onda especifico consegue estimular muito mais a atividade fotossintética, se tornando a frequência ou comprimento de onda mais ativo para a fotossíntese.

No período de floração, quando as plantas têm menos tempo de luz, esta faixa do espectro se torna fundamental para que a planta possa produzir flores e princípios ativos em abundância, agregando ainda mais qualidade ao produto final.

Espectro Deep BLUE

A luz azul, com comprimento de onda em 450 nm, se apresenta muito importante para o crescimento vegetativo das plantas de cannabis. Ela é capaz de regular a produção de etileno, que é um hormônio que promove o alongamento dos caules e o crescimento das folhas.

Esta luz, denominada de Deep BLUE, em quantidade suficiente, ajuda a conter o estiolamento das plantas de maneira efetiva. No cultivo indoor, o controle adequado do espaço de cultivo é essencial para se atingir o sucesso no rendimento das colheitas. Por isso, diversas técnicas de treinamento exigem que a planta não se alongue por demais nos primeiros estágios deixando para estender seus braços devidamente treinados apenas no período de floração. Isso por que, nas 3 primeiras semanas de floração, podemos ver um crescimento exagerado das plantas, é nessa fase que ela busca estender o máximo possível chegando até a dobrar de tamanho.

Benefícios do Deep BLUE

O espectro Deep BLUE é uma inovação recente que está se tornando cada vez mais popular no cultivo indoor de cannabis medicinal.

Seus benefícios incluem:

  • Conter o estiolamento das plantas;
  • Reduzir a distância entre os nós;
  • Aumentar a produtividade utilizando técnicas de treinamento;
  • Promover o controle adequado da altura das plantas.

Conhecer os detalhes do espectro de luz é um fator importante para o sucesso do cultivo indoor de cannabis medicinal, uma vez que a iluminação é uma chave mestra nesta modalidade de cultivo. Hoje, existem no mercado diversas opções de iluminação LED para cultivo que atendem às complementações destas duas faixas do espectro e estimulam as plantas da maneira correta, no tempo correto. Como líder no segmento de iluminação, podemos colocar aqui a empresa Master Plants como um exemplo de companhia que oferece soluções completas de iluminação para o cultivo de cannabis, painéis LED com espectro adequado, incluindo os espectros Deep RED e Deep BLUE, assim como as complementações dos espectros Ultravioleta e Infravermelho, porém estes dois últimos são um assunto para outro artigo.

Domine o treinamento e os ciclos de cultivo indoor específicos com iluminação LED de qualidade e espectros de iluminação adequados para o sucesso de suas colheitas.

Esperamos que este artigo possa ter contribuído com mais luz aos seus conhecimentos e contamos com seus feedbacks e experiências para cada vez mais evoluir as técnicas e as informações divulgadas para o segmento do cultivo indoor de cannabis medicinal.

Escrito por: Sammy Farah, jornalista pós-graduado em “cannabis medicinal”.

Leia também:

Dominando o cultivo de cannabis: os segredos do LED em campo aberto

mm

Sobre Master Plants

A Master Plants é fabricante, importadora e desenvolvedora de soluções em tecnologia e nutrição para cultivos indoor, outdoor e estufas agrícolas. A empresa se destaca no cenário nacional como uma das principais distribuidoras de iluminação LED de alta performance, assim como, "Fertilizantes Premium" para cultivos avançados.
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!