Consumidores de maconha estão bebendo menos álcool nos EUA, revela estudo

Fotografia mostra um dichavador vermelho aberto com buds de maconha sobre suas duas partes, além de parte de uma embalagem laranja e amarela, sobre uma superfície marmorizada em tons de cinza.

Os consumidores de cannabis dos Estados Unidos estão tendendo a usar menos bebidas alcoólicas, de acordo com um estudo que analisou as tendências de consumo nas últimas duas décadas

Um relatório divulgado recentemente pelo banco de investimentos Cowen Inc. mostra que 60% dos usuários de maconha nos EUA reduziram o consumo de álcool, com os consumidores mais jovens impulsionando a tendência.

Os especialistas analisaram quase 20 anos de pesquisas governamentais e dados de gastos juntamente com a Pesquisa de Consumo da Nielsen and Cowen para analisar as tendências de consumo de álcool e maconha.

Leia também: Estudo associa vendas de maconha medicinal a redução das vendas de álcool

De acordo com o relatório, que inclui entrevistas com mais de 8 milhões de pessoas, a porcentagem de usuários de cannabis de 18 a 25 anos que também bebem álcool caiu de 90% para 79% entre 2002 e 2020.

Em contrapartida, a porcentagem de bebedores nessa faixa etária que também usam maconha aumentou de 25% para 32% durante o período.

“Os estados com cannabis legal estão mostrando um crescimento mais lento do álcool”, escreveu o analista Vivien Azer na pesquisa.

Leia mais: Adolescentes estão trocando álcool por maconha nos EUA, diz estudo

Um estudo separado, publicado recentemente na Health Policy, mostra que as vendas de cannabis para fins medicinais estão associadas a uma redução nas vendas de bebidas alcoólicas no Canadá.

A análise do professor de negócios Michael J. Armstrong, da Universidade Brock, revelou que cada dólar de maconha medicinal legal vendido estava associado a uma queda média nas vendas de álcool de aproximadamente CA$ 0,74 a CA$ 0,84.

“Isso sugere que a cannabis medicinal foi um substituto econômico para o álcool no Canadá”, escreveu Armstrong em seu artigo.

Uma outra pesquisa, divulgada em 2018 pela New Frontier Data, que entrevistou 3.000 estadunidenses adultos consumidores de maconha, mostrava dois terços (65%) dos participantes dizendo que, tendo a opção de escolher, preferiam a cannabis em vez do álcool, e 74% respondendo que a erva é mais segura que a bebida.

Leia também:

Opinião pública nos EUA diz que maconha é menos perigosa que o álcool

Imagem de capa: Unsplash | Elsa Olofsson.

mm

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. http://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!