Comércio de cannabis é restabelecido, com restrições, em Massachusetts (EUA)

Fotografia em vista superior e plano fechado que mostra um recipiente verde metálico cheio de buds secos de cannabis, sobre uma superfície branca. Foto: Needpix.

O único estado americano regulamentado que encerrou as vendas de cannabis para uso adulto sob medidas de resposta ao coronavírus, Massachusetts retomou nesta segunda (25) o comércio do setor com novos protocolos, incluindo limitação de venda e retirada dos produtos na calçada. As informações são do Ganjapreneur, traduzidas pela Smoke Buddies

As vendas de maconha para uso adulto foram reiniciadas em Massachusetts (EUA) após serem fechadas pelo governador Charlie Baker no final de março como parte da resposta do estado ao coronavírus, informa o WBUR. As lojas agora podem receber pedidos on-line e por telefone e oferecer retirada na calçada sob as regras de reabertura do estado.

Baker havia fechado o setor de uso adulto, mas permitiu que as vendas medicinais continuassem com o receio de que as pessoas viajassem de fora do estado para comprar maconha legalmente. Massachusetts é o único estado do Nordeste dos Estados Unidos a permitir vendas reguladas de cannabis.

As empresas que estão reabrindo como parte do plano de fase 1 do estado tiveram que enviar planos por escrito para impedir a disseminação do coronavírus, exibir pôsteres de higiene e implementar protocolos de distanciamento social para funcionários e clientes.

Covid-19: Número de pacientes de maconha medicinal cresce em Massachusetts (EUA)

De acordo com o WBUR, o New England Treatment Access (NETA) planeja limitar seu volume a um terço do que era antes da pandemia, tanto no setor médico quanto no adulto. A empresa também disse que planeja limitar as vendas para uso adulto a não mais de 600 clientes por dia, e exigir pedidos feitos antecipadamente.

Em uma declaração ao WBUR, a Commonwealth Dispensary Association (CDA) disse que “aprecia esse gesto de confiança” e acredita que isso reflete o compromisso da indústria com o local de trabalho e a segurança do consumidor, “além de nossa história de conformidade e supervisão regulatória significativa”.

“Mantemos há muito tempo as instalações de varejo para adultos preparadas de maneira exclusiva para operar com segurança, enquanto combatemos a disseminação da COVID-19, já que nossa indústria o fez com sucesso no lado médico” — CDA em uma declaração.

A CDA disse que as vendas para uso adulto em Massachusetts geraram US$ 120 milhões em receita e a indústria de cannabis criou 8.000 empregos. Espera-se que as vendas pessoais comecem na fase 2 do plano de reabertura do estado, o que não é esperado até pelo menos o dia 8 de junho.

Leia também:

Governadora do Novo México (EUA) apoia legalização da maconha para alívio a coronavírus

#PraCegoVer: em destaque, fotografia em vista superior e plano fechado que mostra um recipiente verde metálico cheio de buds secos de cannabis, sobre uma superfície branca. Foto: Needpix.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!