smokebuddies.com.br

Arte mostra a ilustração de dois copos de cerveja junto a folhas de maconha.

Cerveja canábica: terapia ou diversão?

Nos últimos anos, uma tendência empolgante tem agitado o mercado de bebidas, despertando curiosidade e levantando debates acalorados: a cerveja canábica, uma iguaria que vem conquistando uma legião de fãs ao redor do mundo com os potenciais terapêuticos e recreativos da ganja

Então qual é a vibe? Espera aí que vamos te explicar melhor!

Muitas cervejas não utilizam a cannabis sativa ou indica, as variedades de maconha que proporcionam o relaxamento ou euforia característicos do THC. Em vez disso, elas usam strains que são denominadas como cânhamo, plantas que produzem apenas pequenas quantidades da substância psicoativa e são legais em vários países.

Quando o assunto é cerveja e cannabis juntas, muita gente imagina uma viagem louca, misturando álcool e erva. Calma aí, não é bem assim. A real é que nem todos os produtos disponíveis hoje em dia contém o ingrediente especial que causa aquela brisa única, o THC. Mas isso não quer dizer que não sejam incríveis.

A New Belgium Brewing, por exemplo, criou a The Hemperor, uma cerveja feita com sementes de cânhamo. Apesar de não conter THC, a bebida conseguiu capturar o sabor único da cannabis após muita pesquisa e teste. A cerveja é uma IPA, já que é carregada no lúpulo, “primo” da cannabis, que ajuda a complementar o resultado final. Apesar de ser parente da erva, o lúpulo é legal e é um dos ingredientes básicos das cervejas em geral.

Mas com tantos amantes da cannabis, quem perderia a oportunidade de criar uma cerveja com efeitos da verdinha? Sim, existem muitas cervejas canábicas que fazem sua cabeça!

De forma geral, a bebida é fermentada a partir de cereais com adição de elementos da cannabis. Os ingredientes estrelas são os canabinoides mais famosos: o CBD e o THC. O CBD é aclamado por sua capacidade terapêutica, com propriedades anti-inflamatórias, analgésicas, ansiolíticas e neuroprotetoras. Já o THC, além de possuir vários efeitos medicinais, é responsável pela famosa “onda” da erva, mexendo com a percepção, humor e pensamentos. Se comparada a uma cerveja tradicional, a cerveja canábica apresenta diferenças significativas em seus efeitos. Enquanto a cerveja convencional pode provocar embriaguez devido ao álcool, a cerveja com cannabis pode causar alterações na percepção sensorial e na cognição, além daquelas de CBD que proporcionam relaxamento sem efeitos psicotrópicos, contribuindo para o bem-estar. Resumindo, as cervejas canábicas podem te dar a energia ou a paz que você procura!

Existem ainda as cervejas terpenadas. Isso mesmo! A bebida utiliza terpenos, compostos aromáticos presentes em diversas plantas, incluindo a cannabis, para conferir aromas e sabores únicos. A adição desses compostos possibilita uma ampla variedade de nuances, como cítricos, frutados e herbais, enriquecendo a experiência sensorial do consumidor. Apesar de serem comumente associadas à cannabis, nem todas as cervejas terpenadas contêm terpenos da planta, pois estes podem ser extraídos de diferentes ingredientes naturais.

Com tantas informações disponíveis, você deve estar com vontade de experimentar essas delícias. Mas é importante lembrar que as bebidas derivadas da cannabis ainda não são legais no Brasil. Quando tiver uma aventura em terras estrangeiras e legalizadas, talvez possa curtir essa experiência gastronômica! Enquanto isso, algumas cervejarias brasileiras descobriram uma maneira legal de reproduzir o sabor da maconha em suas cervejas, usando terpenos.

Imagem de capa: Flora Urbana.

Picture of Flora Urbana

Flora Urbana

A Flora Urbana 420 é um portal onde os cultivadores iniciantes e especialistas podem escolher suas opções com total confiança entre marcas reconhecidas no mundo todo. Visite a Flora Urbana. Autocultivo é o caminho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buddies News

Mais recentes