Catar: Confederação Canábica Argentina hasteia bandeira na Copa do Mundo

Se você prestou atenção, deve ter visto uma bandeira da Confederação Canábica Argentina tremulando durante as partidas da Seleção Argentina na Copa do Mundo Catar 2022

Aliás, é bem difícil não colocar os olhos nela, já que a bandeira tem dimensões de 8 x 1,5 metros, uma das maiores já vistas na torcida hermana.

Exclusivamente para o El Planteo, Leandro Ayala, presidente da Confederación Cannabica Argentina, afirmou: “Eu encontro pessoas na rua e elas me dizem ‘você é da Confederação Canábica? Que orgulho, me senti representada’. E me passam as fotos das pessoas que estavam no estádio. Alta onda”. E continuou empolgado: “É o maior trapo do mundial, pelo menos até o jogo com o México. Até agora, o maior trapo é de cannabis.”

Além disso, Ayala disse que trazer a bandeira para o país teve suas complexidades, assim como posicioná-la no estádio.

“Estive com Khalifa, primo-irmão do príncipe, do emir, conversando sobre cannabis. Ele me convidou para uma erva [legal] e tiramos a foto com a bandeira”, surpreendeu o empresário argentino.

O que é a Confederação Canábica Argentina?

A Confederação Canábica busca promover a organização e liderança política da indústria argentina de cannabis para garantir o acesso dos produtores nacionais e pequenos comerciantes.

Da mesma forma, em seu site eles afirmam que sua missão é “reunir todos os atores por trás desta planta, consolidar a união de todos esses atores, tornar o público em geral visível e consciente desta planta e de todas as aplicações que a humanidade pode dar para o seu desenvolvimento, conservação e gestão sustentável dos recursos naturais e do meio ambiente a partir da justiça e da solidariedade, participando na execução e administração de projetos estratégicos de desenvolvimento a nível local, nacional e internacional”.

 

 

 

Como está a situação da maconha e das drogas no Catar?

Conforme relatado pelo Daily Mail, a Lei 9 de 1987 sobre o Controle e Regulamentação de Entorpecentes e Substâncias Psicotrópicas Perigosas estabelece que as pessoas pegas contrabandeando drogas para o Catar podem enfrentar penas de prisão de 20 anos e multas entre US$ 26.000 e US$ 80.000.

E cuidado: entusiastas com antecedentes de crimes semelhantes enfrentarão pena de morte ou prisão perpétua. Vale ressaltar que os crimes cometidos fora do país árabe contam na hora de definir se há histórico.

E os medicamentos prescritos?

Os torcedores devem observar que seus medicamentos prescritos podem ser considerados substâncias controladas no Catar.

Por isso, os organizadores da Copa do Mundo de futebol informaram: “Se você precisar trazer medicamentos controlados ou prescritos para o Qatar, certifique-se de trazer a receita oficial do seu médico, o atestado do hospital ou uma carta do seu médico de família detalhando o medicamento, a quantidade e dosagem prescritas”.

Por Franca Quarneti, originalmente publicado no El Planteo.

Leia também:

Paixão nacional: torcedores vestem a camisa da maconha nos estádios

#PraTodosVerem: fotografia de capa mostra a bandeira com os dizeres “confederación cannabica”, em preto, sobre as cores da Argentina.

Sobre El Planteo

El Planteo é um meio de comunicação focado em tópicos inovadores como cannabis, cânhamo, psicodélicos, música, ecologia, criptomoedas, questões de gênero e sexualidade e muito mais. Nosso conteúdo frequentemente tem um ângulo econômico ou financeiro. El Planteo é financiado pela Benzinga, um meio de comunicação financeiro dinâmico e inovador com sede em Detroit que fornece aos investidores conteúdo exclusivo e de alta qualidade cobiçado pelos principais operadores de Wall Street.
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!