Canadá não registra aumento nas hospitalizações relacionadas ao trânsito após legalização da maconha

Foto mostra o antebraço e mão de uma pessoa que está usando blusa de manga comprida e relógio no pulso, e segurando o volante de um carro, que tem os medidores e velocímetro acesos em cor laranja. Imagem: Erik Mclean | Unsplash. Canadá

As descobertas são consistentes com as de outro estudo canadense que, da mesma forma, não encontrou evidências de que a legalização estivesse associada a mudanças significativas em emergências por acidentes de trânsito

A implementação da venda de cannabis para uso adulto no Canadá não está associada ao aumento nas hospitalizações relacionadas a acidentes de trânsito, de acordo com dados publicados na revista Addiction. Os investigadores avaliaram as taxas nacionais de atendimentos de emergência e hospitalizações nos anos anteriores e imediatamente após a legalização.

Leia também: THC no sangue ou na respiração não indica deficiência para dirigir, mostra estudo

Os autores concluíram que “não há evidências claras de que a legalização da cannabis recreativa teve qualquer efeito nas taxas de atendimentos de emergência e hospitalizações por lesões causadas por veículos motorizados ou pedestres/ciclistas em todo o Canadá”.

As descobertas são consistentes com as de outro estudo canadense, de 2021, que também não encontrou evidências de que a implementação da Lei da Cannabis estivesse associada a mudanças pós-legalização significativas nas visitas ao departamento de emergência em decorrência de acidentes de trânsito nas províncias de Ontário ou Alberta.

Vários estudos dos Estados Unidos também não encontraram mudanças significativas na segurança do trânsito nos anos imediatamente seguintes à promulgação da legalização para uso adulto. No entanto, outras avaliações que avaliam tendências de longo prazo na segurança do trânsito após legalização produziram resultados inconsistentes.

O texto completo do estudo “O efeito da legalização da cannabis recreativa nas taxas de lesões no trânsito no Canadá”, publicado na Addiction, você pode ler aqui.

Leia também:

Consumidores regulares de maconha se saem melhor do que usuários ocasionais em testes de direção

Imagem de capa: Erik Mclean | Unsplash.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!