Antígua e Barbuda: país no Caribe autoriza comunidade rastafári a plantar cannabis

Fotografia de uma cola apical repleta de pistilos rosas e circundada por grandes fan leaves, onde um fundo embaçado transparece uma plantação de maconha e montanhas. Imagem: Pexels / Dad Grass.

Com forte apoio do primeiro-ministro, Antígua e Barbuda aprova a permissão para que a comunidade rastafári cultive maconha nas ilhas caribenhas

A comunidade rastafári de Antigua e Barbuda, país no Caribe formado pelas ilhas homônimas, está autorizada a  cultivar cannabis para fins religiosos. O primeiro-ministro Gaston Browne quer trabalhar com a comunidade para desenvolver a indústria e a agricultura.

Leia também: República Dominicana propõe criminalizar roupas e músicas que promovam a cannabis

Líderes Rastafari realizaram uma cerimônia onde receberam certificações da Medical Cannabis Association (MCA). A autorização permitirá legalmente que eles cultivem cannabis para fins religiosos. “Adotamos muitas religiões europeias e não europeias e temos uma religião pan-africana. Mas, em vez de abraçá-lo, tentamos destruí-lo. Quero encorajá-lo a se manter firme, continuar exercitando essa resiliência!”, disse o primeiro-ministro, de acordo com o Voice Online.

 

 

 

Browne disse que precisa haver mais colaboração entre seu governo e a comunidade rastafári. Eles buscam se concentrar na indústria e na agricultura, mas também na produção de alimentos para o país e outras ilhas do Caribe.

No entanto, o ministro fez um pedido para focar na prevenção entre os jovens: “o uso de cannabis por jovens é estritamente proibido por lei e também queremos apelar à comunidade rastafári para nos ajudar a cumpri-la”, acrescentou.

Por Lucía Tedesco, originalmente publicado no El Planteo.

Leia também:

Governo da Jamaica lança campanha para acabar com mitos sobre a maconha

Imagem de capa: Pexels / Dad Grass.

Sobre El Planteo

El Planteo é um meio de comunicação focado em tópicos inovadores como cannabis, cânhamo, psicodélicos, música, ecologia, criptomoedas, questões de gênero e sexualidade e muito mais. Nosso conteúdo frequentemente tem um ângulo econômico ou financeiro. El Planteo é financiado pela Benzinga, um meio de comunicação financeiro dinâmico e inovador com sede em Detroit que fornece aos investidores conteúdo exclusivo e de alta qualidade cobiçado pelos principais operadores de Wall Street.
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!