Ações de cannabis disparam com a vitória de Biden e esperanças de legalização nos EUA

Fotografia em plano fechado do top bud de um pé de maconha, com pistilos brancos e folhas verde-escuro serrilhadas, na parte esquerda da imagem, e, ao fundo, desfocado, luzes amarelas em efeitos bokeh. Foto: THCamera Cannabis Art. outubro abril novembro

A aprovação da maconha para uso adulto em mais estados e o resultado da eleição presidencial parecem ter dado uma injeção de ânimo no mercado de ações de maconha. As informações são da CNN Business

Novembro trouxe um golpe triplo de ótimas notícias para os estoques de ações de cannabis: vários estados legalizaram a maconha para uso adulto, a vitória presidencial de Joe Biden pode levar a mais pedidos de descriminalização e duas empresas líderes de cannabis relataram resultados melhor do que o esperado nesta segunda-feira (9).

A Canopy Growth (CGC) subiu 10% e a Aurora Cannabis (ACB) subiu 20% depois que ambas relataram vendas acima do previsto e redução das perdas. A Tilray (TLRY), que apresentará seus resultados após o fechamento nesta segunda-feira, também subiu 10%.

Outras ações de cannabis em alta nesta segunda incluem a líder global de cannabis Curaleaf (CURLF), Aphria (APHA) e Cronos (CRON), que tem um grande investimento da gigante do tabaco e proprietária da Marlboro Altria (MO).

Leia mais: Sete ações de cannabis para investir se Joe Biden derrotar Trump em novembro

Os executivos da indústria estão claramente satisfeitos com os resultados das eleições nos níveis federal e estadual. O CEO da Canopy, que tem o apoio financeiro da proprietária da Corona, Constellation Brands (STZ), estava particularmente otimista sobre o que as mudanças no cenário político poderiam significar para o setor.

“Acreditamos que a vitória de Biden é um passo importante no caminho para a permissibilidade federal da cannabis no mercado dos EUA por meio da descriminalização e da desclassificação”, disse o CEO da Canopy, David Klein, em uma teleconferência com analistas.

“Os resultados das iniciativas eleitorais mostram claramente que o apoio à legalização da maconha para uso adulto se estende por fronteiras geográficas e partidárias e é apoiado pela maioria dos americanos. A maconha legal está se tornando a norma americana”, acrescentou. “Isso provavelmente aumentará a pressão sobre o Congresso pela aprovação de uma grande reforma federal sobre a maconha em um futuro muito próximo”.

Leia mais: Apoio público à legalização da maconha bate recorde de 68% nos EUA

O CEO da Aurora, Miguel Martin, também parecia otimista sobre a possibilidade de mais mudanças na lei federal nos Estados Unidos.

“A posição Biden-Harris é clara… Acho que terá que ser um pouco mais articulado sobre o momento”, disse Martin, observando que as eleições de segundo turno para decidir a disputa por ambas as cadeiras do Senado na Geórgia, que pode determinar qual partido tem o controle, terá um grande impacto sobre o que acontece a seguir no nível federal.

Mas Martin observou que as notícias positivas sobre a legalização em nível estadual aumentam as expectativas crescentes de que os EUA se juntarão a outras nações que recentemente descriminalizaram a cannabis.

“O que vemos tanto nos EUA como globalmente é um tipo crescente de abertura para os canabinoides com THC e isso é um bom presságio para uma empresa como a Aurora”, disse Martin.

Os líderes da cannabis também esperam lançar mais produtos nos EUA que não contêm THC, o componente psicotrópico da cannabis.

A Canopy, por exemplo, revelou na semana passada uma nova linha de bebidas no Canadá que contêm canabidiol (CBD), um componente da planta do cânhamo que não produz uma ‘alta’. A marca, batizada de Quatreau, poderá ser lançada em vários estados dos EUA em 2021, disse a empresa.

Leia também:

A legalização da maconha pode ajudar na crise financeira da Covid-19, diz governador de NY

#PraCegoVer: em destaque, fotografia em plano fechado da inflorescência apical de um pé de maconha, com pistilos brancos e folhas verde-escuro serrilhadas, na parte esquerda da imagem, e, ao fundo, desfocado, luzes amarelas em efeitos bokeh. Foto: THCameraphoto.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!